SEO ou Search Engine Optimization.

SEO Search Engine Optimization

É o processo que usamos para melhorar a visibilidade de um site... Mais informações »

Dicas Para Blog

Dicas Para Blog

Aqui você encotra tudo sobre personalização de blog... Mais informações »

Ganhado Dinheiro

Ganhado Dinheiro

Diversas formas de ganhar dinheiro com seu site ou blog... Mais informações »

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui

Banner aleatório fica exposto de forma dinâmica, intercalando a divulgação com outro anunciante do site... Saiba Como »

Envie sua sugestão

Envie sua sugestão

Deixe sua sugestão para que possamos melhorar ainda mais a qualidade do nosso serviço... Envie sua sugestão »

Técnicas de SEO para trazer um bom fluxo de visitantes a partir dos mecanismos de busca

A implementação de Técnicas SEO (Search Engine Optimization) são fundamentais para trazer um bom fluxo de visitantes a partir dos mecanismos de busca. É possível melhorar o posicionamento do seu web site nos mecanismos de busca e atrair mais visitas diárias implementando e praticando, na construção do seu web site as 8 Técnicas SEO Básicas apresentadas aqui. Implemente-as, envie suas páginas ao seu servidor e aguarde algumas semanas (até o Google atualizar suas páginas em seu banco de dados). Você vai se surpreender com os resultados. 
S-E-O. Essas três letras podem até passar despercebidas pela maioria dos internautas. Mas se você deseja fechar negócios online em um site ou mesmo disseminar as suas ideias em um blog, cedo ou tarde você vai ter que se deparar com elas – caso contrário, um blog ou site feito com “tanto amor e carinho” poderá ficar às moscas.

Há dezenas de técnicas para fazer com que um site melhore a posição nos mecanismos de busca. São ações que os visitantes nem percebem, mas que o Google leva em conta na hora de decidir qual site aparece na primeira página das buscas. As ações podem ser feitas dentro do site ou fora dele. É o chamado SEO on-page (no site) ou off-page (fora do site).  Um exemplo de prática de SEO feita dentro de um site é marcar com negrito as palavras mais importantes do seu texto (essa prática fará com que o Google destaque seu site na hora em que alguém busca essa palavra). Criar links externos para o seu site (ou seja, colocar o link em outros locais da internet) é um exemplo de prática de SEO feita fora da página.




Veja exemplos de outras técnicas que vão ajudar o seu site no Google

1) Palavras-Chave

A seleção de palavras-chave é onde tudo começa. Aqui você vai decidir o futuro do seu web site em termos de visitas. A Seleção das melhores palavras-chave para o seu negócio é fundamental e não deve ser feito com pressa e afobação. Para descobrir as palavras mais pesquisadas no Google utilize a ferramenta Insights for Search. Pensar em palavras-chave que você quer fortalecer no Google (no máximo três palavras simples e cinco compostas). Exemplo: em um blog sobre Tecnologia, você deve usar palavras relacionadas como, por exemplo, “Celular” e “acessórios para celular”.

2) Título das Páginas TAG

O Título da página é um item de muita importância em SEO. O Google dá muita importância a ele, pois esta informação é exibida em destaque em cada link que o Google apresenta em seus resultados de busca. Ele também é muito importante do ponto de vista do usuário. Como boa prática SEO, tente implementar pelo menos uma ou duas palavras-chave no título de suas páginas. Criar um nome correto para o seu site (que tenha a palavra-chave principal). E que seja bacana. Exemplo: usando o mesmo exemplo do blog de tecnologia, não se esqueça de botar a palavra tecnologia como em “www.inforwebtecnologia.com.br” (quem procurar "blog" e "tecnologia" no Google estará mais perto do seu site).  

3) Descrição da Página TAG

A descrição das páginas, também deve ser tratada com carinho. Pois muitas vezes, esta descrição é exibida no link que o Google apresenta, logo abaixo do título da página. è muito importante ter uma descrição condizente com o conteúdo da página ao invés de utilizar uma descrição genérica. Aqui, você também deve implementar uma ou duas palavras-chave no texto. Para uma boa prática SEO, evite uma descrição com mais de 150 caracteres.  Pense no conteúdo já focando em palavras-chave corretas. Exemplo: ao invés de escrever um título “como eu alimento o Zuzu”, pense em “como eu alimento o gato Zuzu”.   

4) HEADER TAG

As tags de cabeçalho são o código HTML que indicam uma manchete, como H1, H2 e H3 e aparecem como manchetes em negrito em seu conteúdo. Os primeiros 3 cabeçalho tags são os únicos que você precisa para se preocupar, bem como o primeiro cabeçalho tag, H1, é o mais importante. Use a sua palavra-chave primária uma vez na tag H1, uma ou duas vezes na tag H2, e várias vezes em sua tag H3. Sempre houve um debate sobre se devemos usar a tag   H1 para o logotipo, título da sua página ou o título do post (se você está construindo um blog), já que ele deve ser único, mas o importante aqui é que a informação na sua página deve ser apresentada de forma hierárquica, usando os headings possíveis. 

Use essas tags apenas onde fizer sentido. Popular sua página com muitas tags de cabeçalho pode tornar a leitura do texto difícil e principalmente não deixar nítido onde um assunto começa e outro termina.

5) Descrição para Imagens TAG

Acrescente informação para os buscadores em suas imagens. O Google não pode ler informações em arquivos de imagens, portanto você deve ajudá-lo aqui. A melhor utilização de qualquer tag é usar as palavras-chave em sua descrição de imagem.

6) Formatação de Conteúdo

Os motores de busca dão especial atenção às palavras com negrito, itálico e sublinhado. Lembre-se de destacar suas palavras-chave em seus conteúdos.

7) Texto dos Links (Anchor Text)

Texto âncora ou Anchor Text referem-se ao texto dos links de uma página que leva o seu visitante para outra página. Então, em vez de dizer ao visitante “clique aqui” no conteúdo da sua página, incluir uma palavra-chave em seu texto âncora. Textos âncora são os textos visíveis e clicáveis contidos nos links.

Escolha palavras que realmente descrevem para onde o usuário será levado ao clicar no link. Dê a mesma atenção aos links internos do seu site e evite criar links desnecessários.

8 ) Robots.txt

Por padrão, os robôs dos buscadores indexam tudo o que encontram em um website. Você pode bloquear alguns arquivos e/ou pastas que não são relevantes ou que você não quer que apareça como resultado de buscas. Siga estas dicas para criar um arquivo robots.txt

9) Crie um Sitemap.xml para seu site

Para ter certeza que suas páginas são indexadas rapidamente no Google, você pode criar um arquivo sitemap.xml. É um arquivo XML contendo uma lista de todas as páginas do seu site com a frequência das atualizações, prioridade das páginas em relação às outras e data da última atualização. Você pode criá-lo manualmente seguindo as instruções do Google para criar sitemaps ou utilizar plugins especializados, se seu site for um CMS como o WordPress.

10) Conteúdos mais procurados para títulos

Pensar em como as pessoas procuram por um conteúdo no Google (exemplo: usando os termos “como fazer” ou “o que é”) e aplicar nos títulos e subtítulos do seu texto. 

11) Parcerias

Crie parcerias com sites similares ao seu. Isso vai garantir links externos de qualidade.

12) Evite conteúdo duplicado

Conteúdo duplicado pode ser perigoso para o rankeamento nos buscadores. Mas, o que é conteúdo duplicado? Cópias de textos de outros websites ou páginas iguais, mas com URLs diferentes podem ser consideradas conteúdo duplicado.

Como evitar?

Sempre que for citar conteúdos de outros sites, link para o artigo original. Se for dentro do seu site, utilize a tag “canonical” para especificar qual é a página que deve ser indexada. Consulte a ajuda do Google para evitar conteúdo duplicado.

Conclusão

Com base em todos os estudos que tive a oportunidade de ter sobre SEO, posso dizer que as técnicas de SEO podem ajudar muito a melhorar a posição de um site no Google, mas devem ser aplicadas com critério e moderação. O ideal é fazer a construção de uma página usando diversas técnicas (que vão desde a escolha do nome até onde divulgar), mas não se esquecendo do principal: fazer do seu site ou blog um local de interesse.





Estudo elaborado pela seguinte bibliografia.
Mais informações sobre robots.txt em:

Mais informações sobre sitemap em:

Se você  tiver algo a acrescentar, não deixe de colocar um comentário. Obrigado...


Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta postagem? Colabore com o autor clicando aqui!

2 comentários:

Matheus Salles disse...

Ler o "Não me faça pensar" é obrigatório para qualquer pessoa que trabalhe diretamente com internet, independente da área e campo de atuação. Um ótimo livro.

Os demais ainda não li nenhum mas pretendo.

Super Bonita disse...

Muito bom! Obrigada! Gostei muito das dicas! Quero otimizar as palavras chaves dos meus blogs no Google.

Mais não sei nem por onde começar...

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...