SEO ou Search Engine Optimization.

SEO Search Engine Optimization

É o processo que usamos para melhorar a visibilidade de um site... Mais informações »

Dicas Para Blog

Dicas Para Blog

Aqui você encotra tudo sobre personalização de blog... Mais informações »

Ganhado Dinheiro

Ganhado Dinheiro

Diversas formas de ganhar dinheiro com seu site ou blog... Mais informações »

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui

Banner aleatório fica exposto de forma dinâmica, intercalando a divulgação com outro anunciante do site... Saiba Como »

Envie sua sugestão

Envie sua sugestão

Deixe sua sugestão para que possamos melhorar ainda mais a qualidade do nosso serviço... Envie sua sugestão »

Mobilidade Crie seu próprio app

Com as plataformas de criação não é preciso nem ter noções de programação. Há app para tudo, mas isso não quer dizer que você não possa ter uma ideia genial e criar um programa para chamar de seu. Conhecimento em programação e design são bem-vindos, mas não são essenciais para desenvolver um aplicativo para smartphone. O segredo está em plataformas que funcionam como uma camada intermediária entre o leigo e as linhas de código. Uma das soluções de sucesso nessa área é a Fábrica de Aplicativos. Uma das vantagens do serviço brasileiro é a interface em português. Outro ponto positivo é a oferta de um plano gratuito, que permite a experimentação sem nenhum desembolso ou arrependimento. O plano especial custa 99,99 reais anuais ou 9,99 mensais por app. A Fábrica de Aplicativos não permitirá a criação de apps complexos, mas é possível pôr em prática algumas ideias. Depois de planejado o aplicativo e feito o cadastro, os passos para a criação de são os seguintes.

1 - Cuide do visual

A primeira providência é escolher a cor do app entre as dez disponíveis. Nessa etapa é possível também fazer algumas personalizações, que não são obrigatórias, mas são altamente recomendáveis. Consistem em fornecer uma imagem de abertura, uma de fundo e outra de cabeçalho. A Fábrica de Aplicativos dá as medidas e os tamanhos: 320 x 460 pixel para fundo e abertura e 320 x 80 pixels para cabeçalho. Nenhuma imagem pode ter mais de 500 KB. É bom que você tenha imagens preparadas para os elementos que quiser acrescentar na interface do app. Se não quiser personalizar esses detalhes logo de cara, você poderá trabalhá-los posteriormente. Detalhe: depois de escolhidas as imagens de abertura, fundo ou cabeçalho não é possível voltar às opções padrão, apenas substituir as imagens carregadas por outras.


2 - Escolha o conteúdo

O passo seguinte é definir os conteúdos do app. No plano gratuito, sua aplicação pode conter até dez abas. Cada aba é um tipo diferente de conteúdo. O apps da Fábrica de Aplicativos podem conter álbuns de fotos, dados de contato, feed de página do Facebook, conteúdo do Flickr, galeria de áudio, item de informações, lista com textos e imagens, listas de texto, lista de preços, mapa, MRDD, RSS, feed de podcast, perfil de Twitter, vídeos e canais do YouTube. Apps criados com planos pagos podem incluir ainda páginas da web, hashtags do Twitter e murais de comentários. Tudo o que você tem a fazer é escolher as abas e fornecer os conteúdos. No exemplo, selecionamos uma lista com imagens e incluímos um perfil do Twitter. Á medida que os recursos são adicionados você pode conferir o funcionamento no smartphone que aparece na página.


Prefere outra opção?

Conheça outras três plataformas para criar programas e sites móveis


É possível testar o serviço gratuitamente, mas não há plano na faixa. A versão básica (22,90 dólares por mês) permite a criação de apps móveis em HTML5.



Sem pagar é possível criar app para Android e site móvel em HTML5. Com o pagamento de 1 dólar mensal remove-se a publicidade. Apps para iPhone exigem assinatura mensal de 9 dólares



No plano gratuito, os apps para iPhone e Android são limitados a 30 usuários e não são publicado nas lojas de aplicativos



O serviço com interface em português pode ser testado por 30 dias. Depois, só partindo para as versões pagas.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor Clicando aqui!

0 comentários:

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...