SEO ou Search Engine Optimization.

SEO Search Engine Optimization

É o processo que usamos para melhorar a visibilidade de um site... Mais informações »

Dicas Para Blog

Dicas Para Blog

Aqui você encotra tudo sobre personalização de blog... Mais informações »

Ganhado Dinheiro

Ganhado Dinheiro

Diversas formas de ganhar dinheiro com seu site ou blog... Mais informações »

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui

Banner aleatório fica exposto de forma dinâmica, intercalando a divulgação com outro anunciante do site... Saiba Como »

Envie sua sugestão

Envie sua sugestão

Deixe sua sugestão para que possamos melhorar ainda mais a qualidade do nosso serviço... Envie sua sugestão »

Morador do DF cria 'facebook alternativo' e conquista um milhão de usuários em três meses


A mirtesnet, ou rede da Dona Mirtes, esposa do criador, é inspirada em outras redes sociais. Uma nova rede social criada por um morador do Distrito Federal conquistou quase um milhão de usuários em menos de três meses. Os cadastros foram feitos por pessoas que moram na capital federal, em diversos Estados brasileiros e até em outros continentes e países, como Estados Unidos, Europa, África e Ásia.

O criador é o ex-publicitário Carlos Henrique do Nascimento, de 35 anos. A ideia surgiu há três anos como uma brincadeira. O objetivo inicial era tirar o foco do filho, que na época tinha oito anos, de criar uma conta no Facebook.



— Eu tinha conta lá e comecei a receber muito conteúdo inadequado. Notei que não havia controle no site deles e por isso não queria que ele criasse a conta. Aí comentei com meu filho: vamos fazer a nossa própria rede social. Ele topou e o projeto começou a ser colocado em prática.

Mesmo sem muitos conhecimentos na área de internet, informática e desenvolvimento, Nascimento escolheu junto com o filho o nome da nova rede social: Mirtesnet (www.mirtesnet.com.br). A escolha foi feita para homenagear ironicamente a mulher, que não queria que o marido e o filho continuassem com a ideia.

— Quis colocar o net no final para dar ideia de internet. Mirtes é o nome da minha mulher e ela achou muito ruim quando ouviu "Mirtesnet". Ficou legal, gostei e coloquei, mesmo contra a vontade dela. Até porque apelidos são para isso, né? Quando alguém gosta do apelido que você coloca, nem tem tanto efeito. Agora quando não gosta, fica interessante e o nome pega pra valer.

No início, o site era projetado com tons de azul e permitia postar notícias e comentários. A manutenção custava R$ 29,90 por mês. Começou com 40 usuários e esse número foi crescendo a cada dia, mesmo sem muita divulgação. Quando percebeu que o negócio estava indo bem, Nascimento decidiu aprimorar o projeto.

Sem dinheiro para investir, vendeu algumas coisas que tinha, pediu demissão do antigo emprego e contou com a ajuda de um amigo de uma década e empresário da área de consultoria jurídica, que passou para frente um carro avaliado em R$ 9 mil e cedeu uma sala comercial que ele tem em um prédio na área central de Brasília para sediar o empreendimento do amigo.

Com o dinheiro recebido, algo em torno de R$ 13 mil, Nascimento contratou programadores profissionais para remodelar o sistema e o site. A nova versão, lançada há três meses, é produzida em tons de laranja e lembra bastante o Facebook, mas com identidade e funcionalidades próprias.

Agora, o site tornou-se em uma rede social de verdade e permite publicar conteúdos, vídeos, fotos, mensagens, comentários, além de promover a interação entre as pessoas. Para o criador, o diferencial é o controle feito automaticamente pelo sistema, que evita postagem de material pornográfico, e a permissão para que o usuário adicione quantas pessoas desejar, sem limite de pedidos.

— O objetivo é aproximar pessoas desconhecidas de qualquer lugar do mundo, não somente os amigos. Amigo por amigo usa o celular ou email para se comunicar. As outras redes sociais bloqueiam a conta quando você adiciona um número grande de pessoas e se é rede social isso não deveria acontecer.

Em fase de testes

No ar e ainda em fase de testes, a nova versão do site agora passa por "ajustes finos". O programador Natanael Lopes, de 23 anos, disse que está bem empolgado com a ideia e encara essa jornada como um "grande desafio".

Ele tem experiência na área há três anos, mas antes trabalhou como lavador de carros. Determinado a melhorar de vida, investiu nos estudos e começou a aprender a programação. Ele afirmou que é gratificante trabalhar em um projeto tão grandioso e de sucesso como tem sido o desenvolvimento dessa nova rede social.

— É um desafio, um grande desafio. O problema é que uma rede social como essa envolve todos os conceitos e práticas possíveis no mundo da programação, o que torna o trabalho bem mais difícil. Aqui no escritório trabalho das 9h às 17h, mas fico horas em casa estudando para colocar em prática novas ideias e soluções para o site no dia seguinte. É bom saber que tenho alguma participação nesse projeto e ver o reconhecimento das pessoas. Um milhão de usuários em tão pouco tempo é gente pra caramba.

O próximo passo agora é finalizar o site e criar novas funções para os usuários. Contratação de novos profissionais e a compra de um servidor  também fazem parte dos projetos a curto prazo do empreendedor, uma vez que o site recebe cinco mil novos cadastros por dia e tem, em média, 70 mil visitas diariamente.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor Clicando aqui!

0 comentários:

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...