SEO ou Search Engine Optimization.

SEO Search Engine Optimization

É o processo que usamos para melhorar a visibilidade de um site... Mais informações »

Dicas Para Blog

Dicas Para Blog

Aqui você encotra tudo sobre personalização de blog... Mais informações »

Ganhado Dinheiro

Ganhado Dinheiro

Diversas formas de ganhar dinheiro com seu site ou blog... Mais informações »

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui

Banner aleatório fica exposto de forma dinâmica, intercalando a divulgação com outro anunciante do site... Saiba Como »

Envie sua sugestão

Envie sua sugestão

Deixe sua sugestão para que possamos melhorar ainda mais a qualidade do nosso serviço... Envie sua sugestão »

Apple Watch ajuda a criar hábitos saudáveis


São Paulo – O Apple Watch é o relógio inteligente da Apple, que funciona com iPhones e custa a partir de 2.899 reais. O produto vem em três edições: a Sport, a Watch e a Watch Edition, esta última é feita em ouro.

O INFOlab iniciou nesta semana os testes com uma unidade da versão Watch, que custa a partir de 4.599 reais no Brasil.

O primeiro contato com o aparelho trouxe uma boa surpresa: ele não é tão grande quanto os smartwatches com Android, como o Moto 360 ou o LG G Watch Urbane. Longe disso.

Com a tela apagada, ele passa facilmente como um relógio digital comum. Mas logo que você eleva o pulso em direção aos olhos, o display de 1,32 polegada, com tecnologia Amoled, se ilumina.


Você pode trocar os mostradores de relógio de uma maneira pouco convencional. Normalmente, pousamos o dedo sobre a tela durante alguns segundos e as opções de mostradores aparecem. No Apple Watch, você precisa tocar na tela e fazer um pouco de força. O método de interação é parecido com o que vemos no touchpad do MacBook 2015, que tem o Force Touch.

A pulseira de silicone não incomoda no pulso e chegamos até a esquecer que estávamos usando o produto. Nesse momento, uma notificação chegou: “Hora de ficar em pé”, pediu o Apple Watch. O aplicativo atividade no iPhone mostra, em um rico nível de detalhes, informações sobre a sua movimentação ao longo do dia. O app diferencia momentos em que você esteve em pé dos que você estava, de fato, fazendo um exercício, como uma caminhada ou corrida. As calorias consumidas são estimadas em todos os casos.



Quem fica com o Apple Watch no pulso só passa o dia todo sentado se ignorá-lo. O aparelho pede que você se levante e vá andar um pouquinho, ainda que seja dentro do escritório, a cada uma hora. Ao final do dia, um gráfico mostra quantas horas você passou se movimentando, mesmo que tenha apenas se levantado para ir ao banheiro ou para buscar um copo d’água.



Há um sensor de batimentos cardíacos no Apple Watch, certo? O interessante sobre isso é que o relógio mede a sua pulsação ao longo do dia e permite que você fique de olho no ritmo do seu coração. Em uma corrida na esteira, por exemplo, o bpm chegou a 160 em uma pessoa de 26 anos, enquanto o mínimo registrado nesse período de 24 horas foi 61. Não foi necessário fazer qualquer interação com o Apple Watch para que a medição ocorresse – esse relógio parece ser, de fato, inteligente.

Claro, as notificações do smartphone aparecem no pulso, ajudando a distinguir o e-mail urgente do chefe daquele alerta dispensável do LinkedIn, sem precisar tirar o iPhone do bolso (ou da bolsa). Mas, em primeira análise, o Apple Watch quer fazer mais do que isso. Ele quer ser o seu gadget de saúde.


Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos este blog? Colabore com o autor Clicando aqui!

0 comentários:

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...